quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Quanto vale ou é por quilo? De Sergio Bianchi

O filme Quanto vale ou é por quilo? é um filme bastante polêmico com uma linguagem documental e ficcional e com imagens fortes, ele faz uma analogia com o comércio de escravo e a solidariedade hoje tão evidenciada e tão explorada como obra de consumo e de status social, com linguagem de interpretações dúbias. O filme Quanto vale ou é por quilo? torna-se uma obra que de bastante valor, que não foi aproveitada como deveria com mais divulgação. Esse filme é um perspicaz trabalho de denuncia do sistema de exploração da miséria humana através da corrupção que impera nas intituladas Organizações não Governamentais. O filme apresenta a raiz do processo de exploração do povo, através da justaposição de imagens do período escravocrata(dentro de uma adaptação do conto Pai contra Mãe de Machado) com o nosso, marcado pelas famigeradas ONG’S, que serve de mecanismo para manutenção de uma elite que ainda se beneficia da mesma forma como no regime de escravidão nesse país. Essa é uma obra valiosa para perceber é égide do processo de marginalização do povo, a violência e a corrupção tão latentes em nosso país.


Por Léo Silva e J. Santhiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário