quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Quintaniando


A palavra acordou comigo
Conduziu-me ao abismo,
Deixou-me na poeira
E, ao mesmo tempo, tocando o céu,
Mas daqui não quer sair
Ficou presa em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário